Viajar sem grana?

E aí gent!


Bom, meu sonho sempre foi viajar o mundo e acredito que de várias pessoas também. Recentemente, li uma reportagem a respeito de uma Brasileira chamada Aline Campbell, que viajou para a Europa sem levar dinheiro, o único gasto que ela teve foi com a passagem de ida e volta. Mas, o que realmente me chamou atenção foi a mensagem que ela quis passar fazendo isso. Lógico, que achei incrível, mas, pensei que eu nunca teria coragem de fazer uma loucura dessas. 
Recentemente fui viajar, para a chácara da minha família, algo que sempre costumamos fazer, no caminho de volta comecei a me imaginar viajando por aí, sem rumo e senti que isso era algo tão certo, como se eu estivesse destinada à isso, pode parecer idiota eu falando, acho que poucas pessoas já tiveram uma sensação assim. Ainda mais eu, que sempre me sinto tão desencaixada em tudo, parece que esse mundo não é pra mim. Depois dessa epifania, pesquisei bastante e inclusive entrei em contato com a Aline, li reportagens que me incentivaram mais ainda nessa ideia. 
Mas enfim, afinal o que é essa minha ideia? O que tenho em mente primeiramente é viajar pelo Brasil mesmo, além de ser um pais lindo que não damos muito valor, conheço bastante pessoas que moram em outros estados que poderiam me ajudar, e usar meu blog e meu canal do Youtube como diário de viagem. Esse projeto ainda é uma sementinha, ainda tenho coisas pra fazer aqui antes de viajar, mas, não quero que demore muito! Queria que isso se realizasse no máximo até em janeiro, mas, como acredito nas leis de Murphy, o orçamento necessário é sempre o dobro do previsto e o tempo necessário é o triplo, tenhamos paciência por mais difícil que seja pra mim. 
Eu quis compartilhar isso aqui no blog porque quero ver o que as pessoas pensam disso, lembrando que a ideia é não gastar dinheiro nessa viagem. Além de saber o que vocês acham, gostaria de conselhos, dicas e ideias sejam lá quais elas forem. Quando entrei em contato com a Aline Campbell, a resposta dela fez com que eu quisesse me jogar mais ainda nessa ideia: 
"Eu nunca me ligo muito em dinheiro, Gabriele, em relação a quanto gastar ou não gastar. Foco sempre nos momentos, e isso não necessariamente implica em quando eu vou ter. A viagem que fiz sem dinheiro foi uma opção, uma vivência que eu quis passar. Importante saber que a minha proposta naquele momento era não manipular dinheiro, o não contato com o dinheiro. O processo é interno. Vai além do simples ato de sair em uma jornada pensando em gastar (ou não gastar)" Aline fez um livro falando sobre a experiencia que ela teve nessa viagem, estou lendo e curtindo pra caralho!

Desculpa o textão, quem me acompanha sabe que sou a rainha dos textos gigantes, me deem dicas, falem comigo nas redes sociais, quem quiser/puder me ajudar eu quero MUITO! 


Me acompanhem em outras redes sociais:


Share this:

, ,

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário