GhostGirl - Tonya Hurley


Mais uma vez eu dei uma sumida, hahaha. Estava sem net e sem inspiração. Tinha me esquecido que estamos no mês das bruxas, então aproveitei para ler um livro com esse tema, e cá estou eu. (:



A razão pela qual comprei esse livros foram várias, começando pelo preço acessível, como vocês podem ver aqui. Outra coisa que me chamou atenção foi a capa dele, eu simplesmente me apaixonei, o livro inteiro é lindo, cheio de detalhes bonitinhos. E também, ao ler um pouco sobre a autora (Tonya Hurley) descobri que ela começou a sua carreira como assessora pessoal de vários artistas, entre eles a banda The Cure. 



A protagonista Charlote, é uma menina normal, que sonha em ser popular. O problema é que ela não é nem um pouco notada, nem para ser a nerd que todo mundo normalmente zoa. É apaixonada por Damen, um menino atleta e que por mais que seja popular não chega nem perto de ser aqueles meninos babacas, sabe? Muito pelo contrário. Damen namora Petula, aquela tipica garota popular chata e mesquinha, que tem uma irmã chamada Scarlet, que é totalmente o oposto de Petula. Scarlet é uma menina que gosta de rock, de se vestir de preto e coisas do gênero. 



Após voltar de férias, Charlote está com seus planos traçados para se tornar popular e conseguir namorar Damen, mas... Charlote morre! Mesmo depois de morta ela continua obsessiva em se tornar popular, o que acaba prejudicando seus novos companheiros de classe que também estão mortos e os deixando nada feliz. Sempre vagando atrás do seu amor, acaba descobrindo que Scarlet, a irmã gótica de Petula consegue ver-la. Charlote descobre que pode possuir o corpo de Scarlet, com o consentimento da mesma, pois ela adorou a idéia de trocar de lugar com Charlote de vez em quando. Mas, nenhuma das duas imaginam que isso pode virar suas vidas de cabeça para baixo.



Em cada começo de capitulo se acompanha com uma frase inspiradora e um tanto quanto macabra. Quando comprei o livro imaginei que a sua linguagem seria um tanto quanto infantil, mas me enganei totalmente. O livro é cheio de tiradas ácidas, que me fez rir em vários momentos. O livro nos faz refletir sobre até onde somos capazes de ir para conseguir o que queremos, o que as vezes nos faz prejudicar os outros e a nós mesmos.



Além das frases inspiradoras, cada capitulo possui notas que refletem o que esta acontecendo com Charlote naquele momento, o que acaba nos fazendo se identificar com aqueles escritos. Não digo que tenha algo muito original no livro, Tonya Hurley apenas da um tempero divertido com sua escrita para esse tema de conflitos adolescentes que tanto vemos por ai, além desse estilo a la Tim Burton, que deixa o livro mais interessante. 



É uma leitura leve, tranquila, divertida e que tem tudo a ver com esse mês. Quando comprei não imaginava que fosse um trilogia, sendo esse o primeiro, os outros dois acredito que ainda não foram traduzidos para o português mas já esta disponível para venda em sites como o Submarino. 

E ai, já leram esse livro? Me indiquem livros para ler nesse mês de Halloween. ;)


Me acompanhem em outras redes sociais:

Share this:

,

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Ahhh eu já vi esse livro para vender só que nunca comprei mais agora me arrependo amargamente, sério, deve ser muito bom!
    Amei a história, vou encher o meu pai para comprar
    hahaha
    http://surejustnot.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha Ele é bem tranquilo de ler, e é lindo também, encha mesmo :3

      Excluir